Any Questions? Call Us: 1-223-355-2214

Crianças e o seu desenvolvimento no esporte

A prática de esportes e exercícios físicos em geral é benéfica para os seres humanos. No caso das crianças, essas atividades podem auxiliar no desenvolvimento, se ministradas corretamente. Na maioria das escolas a aula de educação física é uma das mais queridas entre os pequenos, uma vez que libera toda a energia guardada nessa fase e estimula sentidos ainda em desenvolvimento, sendo positiva em diversos aspectos.

Apesar de ser fundamental desde pequenos, os exercícios físicos não podem ser uma obrigação imposta pelos responsáveis às crianças. É preciso que seja algo prazeroso e que afete positivamente o psicológico e o físico delas na mesma intensidade.

O psicológico, sem dúvidas, é um dos pontos mais atingidos com a prática esportiva, uma vez que auxiliará a criança na formação de sua autoconfiança, na construção e na melhoria das relações com seus semelhantes e professores, relacionar-se melhor com o meio em que frequenta e a administrar melhor seus pensamentos e deveres de acordo com a faixa etária em que estão.

O esporte e as faixas etárias

Em cada faixa etária o esporte se comporta e gera efeitos diferentes no ser humano.

Primeira fase

Nos primeiros anos de vida (entre quatro e seis anos), a prática de exercícios físicos e esportes deve se assemelhar a brincadeiras, a fim de que a criança aprenda a executar movimentos básicos com coordenação, como correr, pular, pedalar e lidar com outros colegas em atividades coletivas. Nessa fase, a prática não deve representar nenhum compromisso para a criança, sendo apenas uma diversão para ela.

Os professores de atividades físicas também precisam entender isso, por mais que a criança demonstre ter algum talento em determinada prática. É preciso ensinar o básico para seu desenvolvimento humano, e não focar em técnicas específicas e complicadas dos esportes, uma vez que a mente da criança ainda não está pronta para assimilar e lidar com tais barreiras.

Segunda fase

A partir dos doze anos de idade, a mente evoluiu por si só, com a ajuda dos ensinamentos básicos e didáticos do esporte, fazendo com que a criança passe a se interessar por esportes de competição. É nessa faixa etária que a mesma tenderá para um ou outro esporte, demonstrando suas habilidades e gostos pelas práticas esportivas. Esse é o momento ideal para a iniciação em algum esporte, contanto que seja de espontânea vontade da criança.

Nesse período, o esporte, mesmo que não seja levado a sério pela criança, serve para evitar o sedentarismo infantil, a obesidade, trabalhar os músculos, a coordenação motora, estimular o intelecto, a estabilidade emocional e para que a mesma se relacione com seus colegas. A falta de esporte nessa idade pode gerar a exclusão da criança do meio de convívio, podendo causar depressão e sedentarismo.

Outro ensinamento muito importante, e que é implementado pelo esporte em todas as faixas etárias, é o de valores. Através do esporte, a criança e o adolescente aprendem a respeitar o próximo, a serem solidários com a dor alheia, a pensarem no coletivo, a ajudarem seus colegas, a saber perder e ganhar, a não descriminar qualquer tipo de pessoa ou situação etc.

Se conecte a todas as esferas do mundo do esporte. Acesse nosso site e cadastra-se: www.atletasnow.com.

About the Author

By admin / Administrator, bbp_keymaster on out 27, 2018